Caixa da maioria das empresas dos setores imobiliário e turístico cobre apenas 3 meses de custos

Número é resultado de pesquisa feita entre ADIT Brasil e Grupo Prospecta; mais de 170 empreendedores participaram

As consequências do novo coronavírus nos setores imobiliário e turístico foram o foco da pesquisa “Perspectivas para os Mercados Imobiliário e Turístico – Impactos do COVID-19” – realizada na última semana pela ADIT Brasil em parceria com o Grupo Prospecta. Entre os resultados obtidos, 53% dos entrevistados afirmaram acreditar que a recuperação econômica do mercado deve levar de 6 a 12 meses.

Realizada junto a empreendedores dos setores imobiliário e turístico no período de e 19 a 23 de março, a pesquisa teve um total de 170 questionários válidos e respondidos. As informações foram levantadas com o objetivo de verificar qual a percepção desses empreendedores a respeito da conjuntura econômica atual, bem como as perspectivas para estes mercados em 2020, diante da pandemia do novo COVID -19, sob a ótica de cada segmento.

Sobre os impactos no quadro de funcionários das empresas, 34% delas adotou sistema de home office integral, 29% home office parcial e 14% já apresentou demissões nas equipes. O estudo ainda apontou que apenas 26% das empresas possui saldo de caixa para cobrir custos fixos por mais de 6 meses a partir de agora. Exatos 54% do mercado possui caixa até 3 meses.

Antes da pandemia se instaurar, 86% dos entrevistados pretendiam investir ou empreender no Mercado Imobiliário ainda neste ano. Pela falta de perspectiva em realmente concluir tal feito em 2020, o primeiro trimestre de 2021 deve movimentar o mercado: 35% dos entrevistados possuem essa visão. Na ordem, 29% ainda não possui prazo em vista e 18% se resguardará para o primeiro semestre de 2022.

A pesquisa ainda aponta que 60% dos empreendedores sinalizaram mudanças em toda a estratégia de investimento. Apenas 17% afirmaram manter o plano inicial para 2020.

Foram ouvidos representantes dos segmentos Loteamento e desenvolvimento urbano, Incorporação, Intermediação imobiliária, Consultoria/ Pesquisa/ Prestação de serviço, Arquitetura e urbanismo, Construção, Mercado financeiro, Hotelaria, Jurídico, Propriedade compartilhada, entre outros.

Para conferir a pesquisa por completo, clique aqui.

Por: ADIT Brasil – www.adit.com.br